GUIA DE LEITURA

Se você me perguntasse quais textos ler, eu diria para CLICAR AQUI e achar uns 20 e poucos que eu classifiquei como os melhores. Mas vão alguns de que eu particularmente gosto (e que fizeram algum sucesso):

Caritas et scientia
(as saudades da minha escola)
A-Ventura de Novembro
(o retrato de um coração partido)
Vigília
(os sonhos nos enganam...)
Sairei para a boate e encontrarei o amor da minha vida
(ou "elucubrações esperançosas")
(a afeição por desconhecidos)
A tentação de Mãe Valéria
(trago a pessoa amada em três dias)
A nostalgia do que não tive
(a nostalgia do que não tive)

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

SÓ FALTOU A SUÁSTICA.

(rapidíssima)

Não sei se vocês acham humilhação entrar nessa loja popular, mas eu vou numa boa. E compro. No entanto, eles sempre estão lançando umas camisetas cujas estampas me deixam irritados demais. Em geral, são temas políticos que poucas pessoas conhecem e acabam usando a camisa sem ter a mínima idéia do que seja. Há um tempo atrás, eles lançaram uma camisa onde havia escrito CCCP. Para quem ainda não sabe, CCCP era a abreviação, em russo, de URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas). Quem sabia disso? Garanto que poucos. Quem conhece a história da URSS? Quem tem uma mínima idéia do que foi a experiência soviética? Quem sabe o que é socialismo, comunismo, Marx, Lenin, Stalin,...? Quem aceitaria desfilar conscientemente com o nome de uma das potências da Guerra Fria? Eu lá sei.

Mas isso não é nada. Ontem a Renner me reservou uma surpresa especialmente desagradável. Há agora uma linha de camisetas com temas alusivos à Alemanha, não sei se é coisa desse ano ou se é sobra de estoque do ano passado, quando houve a Copa em terras germânicas. Estava lá passeando pela loja, quando vejo uma Cruz de Ferro estampada, com uma águia atrás. Para quem não sabe, a cruz é um dos símbolos da Wehrmacht, o exército nazista alemão responsável por uma série de atrocidades notórias. A águia não estava no formato nem na posição utilizados nos tempos nazistas, mas perceptivelmente era uma águia. Em volta da imagem, a inscrição "STARKER MANN", que quer dizer homem forte. Uma alusão ao Reichsführer - "guia do império" -, título ao qual Adolf Hitler atendia?
Mais a frente, outra camisa da mesma série. Dessa vez, só havia a Cruz de Ferro, com as inscrições circundantes: "Blue Steel - Revolutionary Culture".
Sinceramente, acho que só não estamparam a suástica porque é crime ostentá-la.

2 comentários:

Adilson disse...

Estude mais.....

A cruz de ferro era uma condecoração alema anterior a segunda guerra mundial, tanto que Hitler tinha uma da primeira guerra e as que foram obtidas pelos soldados da segunda não foram abolidas. Era uma condecoração mais de liderança do que de bravura. Para quem já assistiu algum filme ou viu fotos do barão vermelho (primeira guerra) vera a cruz de ferro na fuselagem de seu avião.
A suastica, que é um simbolo bem antigo, foi usada pelos nazistas como seu simbolo e foi incluida na cruz de ferro da segunda guerra. Todos os emblemas e condecorações dessa epoca a possuiam.
Reichsfuhrer era o titulo de Himmler, chefe da SS. Hitler era chamado de Fuhrer (Chefe).

Contrastes disse...

Oieeee..Encontrei seu blog meio, não, completamente por acaso e o estou lendo,(espero que vc não se importe),e achei esse texto bacana.Dá pra refletir que ocorre exatamnete o mesmo com as estampas de bandas e/ou artistas de rock.
Vc vê na rua um garoto com uma camisa do KISS que vc tem ctz deq aquele ser nunca ouviu nada além de"Simple Plan"
É amigo rótulo é rótulo apenas.