GUIA DE LEITURA

Se você me perguntasse quais textos ler, eu diria para CLICAR AQUI e achar uns 20 e poucos que eu classifiquei como os melhores. Mas vão alguns de que eu particularmente gosto (e que fizeram algum sucesso):

Caritas et scientia
(as saudades da minha escola)
A-Ventura de Novembro
(o retrato de um coração partido)
Vigília
(os sonhos nos enganam...)
Sairei para a boate e encontrarei o amor da minha vida
(ou "elucubrações esperançosas")
(a afeição por desconhecidos)
A tentação de Mãe Valéria
(trago a pessoa amada em três dias)
A nostalgia do que não tive
(a nostalgia do que não tive)

domingo, 8 de abril de 2007

PRISÃO DE CÉREBRO.




Há três textos que quero concluir. Tenho todas as idéias e estruturas mentalizadas, num bolo cerebral, mas não consigo expurgá-las de maneira satisfatória ou não entediante. Elas tão quase saindo, quase lá.
Só hoje, já tentei quatro vezes produzir alguma coisa, esta é a quinta. Nem sei qual dos três continuo a escrever. Se abro um, prefiro o outro, e assim sucessivamente. Agora criei um quarto texto, que talvez não passe de um rascunho. Essa meta-texto está mais para uma mera enrolação para encher linguiça e não deixar a semana passar em branco no SWB. Vale realmente a pena postar toda essa baboseira?
__

Estou no quarto dia de não conseguir escrever nada. Mas hoje não adianta reclamar, terei que escrever, de bom grado ou não, a redação de trinta linhas para a escola. Redação essa que já vem em uma forma, pronta, intocável, onde se coloca, apenas, um fluido de idéias de maneira sucinta , mas persuasiva. Quem disse que é bom persuadir assim? Por que não posso criar um texto aberto, que se limite a conduzir o leitor à reflexão, não ao convencimento?

E os três textos que estão na marca do pênalti continuam lá. Faço deles meu "goal", mas se continuar nesse ritmo, vejo que eles em breve serão chutados para escanteio.

___

Essa páscoa foi, em termos de escrita, improdutiva. Bem, acho que preciso comer mais chocolate, ou qualquer outra coisa que solte.

2 comentários:

Paulinha Flores disse...

Eu comi demais nessa Páscoa, arranjei espinhas demais, e escrevi de menos. Pra falar a verdade, não escrevi nada. Tentarei escrever alguma coisa também, vamos vero que sai. Beijo meu querido, vê se consegue também. Ah, não sei nem se deveria estar te desejando isso, porque sei que qualquer um dos 3 textos poderia ser até publicado (não só escritos como uma obrigação, para o colégio), mas tudo bem. Talvez você se sinta mais seguro se eu falar isso (olha só, que pretensiosa! haha). bjo!

Julia disse...

Pois é seria muito mais facil escrevermos do nosso modo e nao com tds essas regrinhas chatas de vestibular...devia ser dificil essa redaçao eihn..
te amo ;*