GUIA DE LEITURA

Se você me perguntasse quais textos ler, eu diria para CLICAR AQUI e achar uns 20 e poucos que eu classifiquei como os melhores. Mas vão alguns de que eu particularmente gosto (e que fizeram algum sucesso):

Caritas et scientia
(as saudades da minha escola)
A-Ventura de Novembro
(o retrato de um coração partido)
Vigília
(os sonhos nos enganam...)
Sairei para a boate e encontrarei o amor da minha vida
(ou "elucubrações esperançosas")
(a afeição por desconhecidos)
A tentação de Mãe Valéria
(trago a pessoa amada em três dias)
A nostalgia do que não tive
(a nostalgia do que não tive)

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

SÓ QUEM JÁ TEM.

Quem não quer alguém para mandar flores, para passear de mãos dadas pela rua, para encostar a cabeça no ombro durante o filme, para cantar uma música enquanto se dirige, para se abraçar na noite fria, para acordar aconchegado no dia seguinte, para sussurrar no ouvido, para tirar do sério, para puxar um papo qualquer só para ouvir a voz, para compartilhar uma angústia boba, para que os amigos cantem "com quem será" falando o nome dela, para planejar uma viagem, para fazer planos genéricos, para ter uma boa razão para voltar pra casa, para sonhar junto, para combinar uma aventura, para ouvir sugestões na hora de comprar roupa, para receber uma SMS com um "oi", gratuito, no meio da madrugada, ... ?

Quem não quer um amor para ir tomar café da manhã junto naquela padaria, para compartilhar a pasta de dente, para passar o protetor solar nas costas e com carinho, para fazer cafuné na soneca da tarde, para ter para quem puxar a cadeira ou ceder o lugar, para receber elogios "como vocês são fofos", para apresentar aos pais com orgulho, para apresentar à família e ouvir a tia velha dizer "quando vão casar?", para ter de quem receber uma cartinha manuscrita cheia de sentimento em datas especiais, para vagar de carro na madrugada contando bobagens, para beijar no elevador como se isso fosse privacidade, para olhar outras pessoas na rua e dizer "a minha garota é melhor", para fazer juras de amor eterno, para entender a ternura entre duas pessoas, para se afogar na plenitude de si mesmo, de um si mesmo que só é possível com o outro e tão somente no outro?

É... quem não quer alguém para dizer "eu te amo" e ouvir "eu também"?
Só quem já tem.

Um comentário:

As Flores e Eu disse...

É... E tem aqueles que dizem querer fazendo outros acreditar naquilo que nem si próprio acredita e então dói.
Mas devemos nos espelhar nos bons.
Lindo texto, cheio de carinho.