GUIA DE LEITURA

Se você me perguntasse quais textos ler, eu diria para CLICAR AQUI e achar uns 20 e poucos que eu classifiquei como os melhores. Mas vão alguns de que eu particularmente gosto (e que fizeram algum sucesso):

Caritas et scientia
(as saudades da minha escola)
A-Ventura de Novembro
(o retrato de um coração partido)
Vigília
(os sonhos nos enganam...)
Sairei para a boate e encontrarei o amor da minha vida
(ou "elucubrações esperançosas")
(a afeição por desconhecidos)
A tentação de Mãe Valéria
(trago a pessoa amada em três dias)
A nostalgia do que não tive
(a nostalgia do que não tive)

sábado, 14 de agosto de 2010

o futuro é auspicioso

(ou crise de pouca idade)

o futuro é auspicioso
morar bem
casar bem
ter belos filhos
ganhar bem...

viajar para itaipava nos fins de semana
e para a europa nas férias de julho
comer fora com a família aos domingos
ler o jornal numa confortável poltrona

os dias cinzas serão prosaicos. não tem problema!
nos dias quentes darei voltas na lagoa,
tomarei água de coco no mirante,
passearei pelo parque lage.

a noite verei o fantástico, sem neuras.
depois, terei um sono dos anjos, finalmente.
acordarei na segunda-feira com um puta café da manhã,
o qual eu degustarei com a fome de começar uma nova semana.

dirigirei um carro automático grande
e passarei pelo Aterro, de óculos escuros,
do jeito mais "little joy" possível.
(de terno, indo para o trabalho)

trabalharei poucas horas, mas farei muita diferença no mundo.
se voltar cedo para casa e for horário de verão, ainda dá tempo de ir à praia.
ou só tomar um suco.

sem medo da rotina. sem medo da velhice.
ah sim, aposentadoria integral para morrer bem!


não sei se é pedir demais.
mas graças a deus que ainda posso sonhar.

4 comentários:

João Manoel Nonato disse...

Seu sonho é muito pequeno-burguês. hahahaha

Vitória disse...

também quero esse futuro.

Tica disse...

Gostei muito e não acho que você está querendo demais, me pareceu bem razoável.

Rubel Brisolla disse...

hahahahahahahaha
Eu ia comentar a mesma coisa que o João!