GUIA DE LEITURA

Se você me perguntasse quais textos ler, eu diria para CLICAR AQUI e achar uns 20 e poucos que eu classifiquei como os melhores. Mas vão alguns de que eu particularmente gosto (e que fizeram algum sucesso):

Caritas et scientia
(as saudades da minha escola)
A-Ventura de Novembro
(o retrato de um coração partido)
Vigília
(os sonhos nos enganam...)
Sairei para a boate e encontrarei o amor da minha vida
(ou "elucubrações esperançosas")
(a afeição por desconhecidos)
A tentação de Mãe Valéria
(trago a pessoa amada em três dias)
A nostalgia do que não tive
(a nostalgia do que não tive)

domingo, 16 de agosto de 2009

Bora

Bora lá,
bora cá,
bora fazer,
bora sair...
podemos borar juntos,
quem sabe borar a vida inteira,
até a hora de ir embora.
Bora logo que atrás vem gente,
borando incessantemente,
desesperados para borar por cima de tudo e de todos.

E que tudo e todos também borem.
Borem e corroborem a cada dia a boração.
Não vão me importar, esses boradores.

Bora?
Eis o meu convite indecoroso...
(que chegue em boa hora.)

4 comentários:

Tati Martins disse...

Bora lá no colégio? Tô com saudade d'ocê.

João Manoel Nonato disse...

Bora antes que fique boring.

Felipe Drummond disse...

por que não pensei nisso antes?

Jester disse...

Muito inteligente!